domingo, 11 de maio de 2014

Reversion Mask - Miskito


Hey gente!

Já falei milhões de vezes aqui no ABHD que amooo o Ojon para os meus cabelos.
Porém o Ojon que falei era sempre o gringo (resenha aqui). Quando a Miskito lançou a Reversion Mask com a mesma proposta do Ojon da gringa eu logo quis testar.
Daí comprei né, pq curiosa eu não poderia ficar.

Na embalagem diz assim:
'Indicado para revitalização intensiva dos cabelos ressecados e quebradiços, restaura em até 64% dos fios danificados desde a raiz até as pontas, devolvendo o brilho e a maleabilidade logo na primeira aplicação. Esse resultado surpreendente é um reflexo de uma fórmula com puro óleo de ojon (ativo principal) conhecido como elixir dourado da natureza, este óleo lendário é rico em lipídios essenciais semelhantes  aos que existem nos cabelos, além de coconut oil, que juntos promovem uma hidratação intensiva, protegendo e realçando o brilho dos cabelos'

O produto brazuca é bem semelhante ao gringo. 
A cor é castanha, a textura é densa e o cheiro é doce.
Vc coloca um pouco nas mãos, e ao esfregá-las o produto vira um óleo denso que deve ser espalhado pelos cabelos.

Como eu uso:
Já vi um vídeo da própria Miskito ensinando a passar a Reversion Mask nos fios e esquentar com o secador. Mas eu uso como uma umectação mesmo, antes de dormir para ser retirada no dia seguinte. 
Pra mim é mais prático e como o produto fica mais tempo nos fios, o efeito é bem bacana pra quem tem fios hiper secos como os meus.
Como já disse, a máscara vira um óleo denso, que é um pouco difícil de espalhar nos fios. Mas é assim mesmo, o importante é espalhar bem até sentir que todo o cabelo recebeu produto. Inclusive, eu passo na raiz dos cabelos onde costuma ter frizz.
Depois de pausar (recomendado de 10 20 minutos) é só lavar bem os fios e usar o condicionador reconstrutor da marca ou qualquer máscara ou condicionador. 
O efeito é um cabelo bem nutrido, com peso do bem, frizz reduzido e pontas muito sedosas.
Comparando com a Ojon gringa, a Reversion Mask é mais difícil de espalhar, seu óleo é mais grosso, o cheiro é mais doce e o resultado é um cabelo bem nutrido.
A Ojon gringa tem cheiro de caramelo com tabaco, um efeito nutritivo mais leve, deixa o cabelo com um super brilho e mais soltinho.

Sempre usei o Ojon como uma umectação, pra mim sempre nutriu muito, deu brilho e maciez aos fios. Porém já li em alguns lugares que Ojon é reconstrutor também...mas se for, o resultado pra mim não é algo muito perceptível. Talvez a palavra reparador seja melhor empregada ao óleo de ojon.

É isso!
Vcs já testaram algo com Ojon?
Me contem!

Bjos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Oiii, Maressa!!! Onde vc comprou esse produto em Recife?? Adoro o blog!!!! Beijooo.

    ResponderExcluir